Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira | Dados da Bolsa

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

nvesting.com – Confira as cinco principais notícias desta terça-feira, 11 de julho, sobre os mercados financeiros:

1. Ethereum e bitcoin quebram em meio a rumores de bolha

Preços de ethereum e bitcoin ampliavam suas recentes quedas, permanecendo sob pressão em meio a conversas em andamento sobre uma bolha de criptomoedas.

Preços de ethereum caíram em torno de 25%, ou US$ 60,00, em um momento e atingiram a mínima de US$ 175,56, nível mais fraco em quase um mês. Os preços estavam cerca de 55% mais baixos desde o pico histórico de US$ 400 atingido na metade de junho.

bitcoin)) perdia quase 8%, já que investidores permaneciam cautelosos em iniciar grandes posições em meio a vários sinais de analistas de que a moeda digital teria atingido o pico ao chegar em US$ 3.000 no início desse mês.

Outras criptomoedas notáveis, como ripple e litecoin, também sentiam a pressão

2. Venda de títulos de todo o mundo recomeça enquanto investidores aguardam declaração de Yellen

Os preços dos títulos de todo o mundo estavam sob pressão novamente, levando os rendimentos de volta às máximas de vários meses, já que investidores continuavam a considerar as mudanças nas perspectivas de política monetária ao redor do mundo.

O rendimento do título alemão com vencimento em 10 anos, tido como referência, aumentava 2,1 pontos base, ou cerca de 4%, para 0,56%, não muito distantes de 0,58%, máxima de 19 meses atingida na semana passada. O rendimento do título francês equivalente subia 2 pontos base para 0,922%.

Do outro lado do Atlântico, o título do Tesouro do EUA com vencimento em 10 anos subia 2,0 pontos base para 2,391%, próximo de 2,398%, pico de dois meses atingido na semana passada.

Os rendimentos por todo o mundo subiram recentemente em meio à retórica evocando mais endurecimento de alguns dirigentes de bancos centrais na Europa e na América do Norte.

3. Dólar encontra sustentação com discursos de membros do Fed em foco

dólar registrava alta de quatro meses frente ao iene enquanto investidores aguardavam a declaração de Janet Yellen, presidente do Federal Reserve, na busca de novas indicações sobre a direção de política monetária.

O dólar subia apara 114,29 frente à moeda japonesa após ter tocado 114,48 durante a noite, o nível mais alto desde a metade de março.

Yellen deve falar sobre economia perante a Comissão de Atividades Bancárias do Senado nesta quarta-feira. Na sequência, ela estará perante a Comissão de Serviços Financeiros da Câmara na quinta-feira.

John Williams, presidente do Fed de São Francisco, afirmou nesta terça-feira em Sydney que seria uma perspectiva razoável esperar mais um aumento da taxa esse ano, e sua própria perspectiva era de começar a ajustar o balanço patrimonial do banco central nos próximos meses.

Lael Brainard, dirigente do Fed, deverá fazer discurso em Nova York ainda durante o dia.

Operadores de futuros apostam em cerca de 50% de chances de aumento da taxa de juros até o fim do ano, de acordo com o Monitor da Taxa da Reserva Federal do Investing.com.

4. Preços do petróleo recuam; Estoques do API divulgados mais tarde

Contratos futuros de petróleo revertiam os ganhos obtidos durante a noite para negociar em baixa uma vez que investidores aguardavam os dados semanais dos estoques norte-americanos de petróleo bruto e produtos refinados.

O Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês), grupo do setor petrolífero, deve divulgar seu relatório semanal às 16h30 em horário local (17h30 em horário de Brasília) nesta terça-feira. Dados oficiais da Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) serão divulgados na quarta-feira, em meio a previsões de redução dos estoques de petróleo em 3,2 milhões de barris.

petróleo dos EUA tinha o barril negociado a US$ 44,13, uma queda de US$ 0,26 ou cerca de 0,6%, recuando de US$ 44,91, máxima da sessão. O petróleo Brent avançava US$ 0,29 para US$ 46,62.

Rumores de que a Líbia e a Nigéria possam ser solicitadas a diminuir a produção em uma aposta para reduzir o excesso global impulsionaram os preços mais cedo.

5. Ações da Amazon sobem com início do Prime Day

Ações da Amazon.com (NASDAQ:AMZN) estavam em alta nas negociações antes do pregão, já que a maior varejista on-line do mundo deu início à sua própria versão do Black Friday.

O Prime Day, uma liquidação de 30 horas que começou às 22h (horário de Brasília) nesta segunda-feira, é a maior ação de mercado da Amazon no ano, com ofertas para atrair novos assinantes ao seu clube de compras Prime.

As ações da Amazon fecharam em alta de 1,8%, cotadas a US$ 996,47, nesta segunda-feira.

Be the first to comment on "Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*