Petróleo amplia ganhos após dados mostrarem grande redução nos estoques | Dados da Bolsa

Petróleo amplia ganhos após dados mostrarem grande redução nos estoques

Oil pumps are seen in Lagunillas, Ciudad Ojeda, in Lake Maracaibo in the state of Zulia, Venezuela, March 20, 2015. REUTERS/Isaac Urrutia

Investing.com – Preços do petróleo subiam ao níveis mais altos da sessão nas negociações desta quarta-feira na América do Norte após dados da Administração de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês) mostrarem uma grande redução nos estoques domésticos de petróleo bruto e de gasolina.

O contrato com vencimento em agosto do petróleo bruto West Texas Intermediate estava cotado a US$ 46,22 o barril às 11h35 (horário de Brasília), alta de US$ 1,19 ou de cerca de 2,6%. Os preços estavam em torno de US$ 46,15 antes da divulgação dos dados dos estoques.

Por outro lado, contratos de petróleo Brent com vencimento em agosto na Bolsa de Futuros ICE (ICE Futures Exchange) em Londres avançavam US$ 1,01 e o barril era negociado a US$ 48,53.

Os preços do petróleo tiveram fortes ganhos na terça-feira, com a commodity marcando sua segunda sessão seguida de alta.

A Administração de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês) afirmou em seu relatório semanal que os estoques de petróleo bruto tiveram redução de 7,6 milhões de barris na semana que se encerrou em 7 de julho.

Analistas de mercado esperavam que os estoques de petróleo bruto tivessem redução de 2,9 milhões de barris, ao passo que o Instituto Americano de Petróleo informou na terça-feira uma diminuição de 8,1 milhões de barris no abastecimento.

O estoque em Cushing, Oklahoma, o principal ponto de entrega para o petróleo bruto da Nymex, teve redução de 2,0 milhões de barris na última semana, informou a EIA.

O total dos estoques de petróleo bruto nos EUA ficou em 495,4 milhões de barris na semana passada, o que a EIA considera ser próximo do limite superior da faixa média para esta altura do ano.

O relatório também mostrou que os estoques de gasolina tiveram redução de 1,6 milhão de barris, em comparação a expectativas de uma redução de 1,2 milhão de barris.

No caso de estoques de destilados, incluindo diesel, a EIA relatou uma diminuição de 3,1 milhões de barris.

Enquanto isso, a OPEP afirmou na quarta-feira que sua produção de petróleo aumentou em junho e tinha projeção de que a demanda mundial de petróleo bruto reduzirá no próximo ano uma vez que os rivais extraem mais petróleo, indicando um superávit no mercado em 2018 apesar do corte na produção conduzido pela organização.

Ao fornecer suas primeiras projeções para 2018 em um relatório mensal, o cartel afirmou que o mundo precisará de 32,20 milhões de barris por dia de seus membros no ano que vem, uma redução de 60.000 barris por dia em comparação a esse ano.

Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), contratos futuros de gasolina com vencimento em agosto avançavam US$ 0,009 para US$ 1,542 o galão, ao passo que contratos futuros de óleo de aquecimento com vencimento em agosto ganhavam US$ 0,018 e eram negociados por US$ 1,494 o galão.

Contratos futuros de gás natural com vencimento em agosto recuavam US$ 0,055 para US$ 2,992 por milhão de unidades térmicas britânicas.

Be the first to comment on "Petróleo amplia ganhos após dados mostrarem grande redução nos estoques"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*