Moedas - Dólar estável, euro pouco alterado | Dados da Bolsa

Moedas – Dólar estável, euro pouco alterado

Investing.com – O dólar norte-americano se mantinha estável frente a uma cesta com outras importantes moedas nesta quinta-feira, um dia após comentários mais pacíficos de Janet Yellen, presidente do Federal Reserve, ao passo que o euro estava pouco alterado em meio a especulações sobre a esperada redução do estímulo do Banco Central Europeu.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, estava em 95,57 às 11h59 (horário de Brasília), não muito distante de 95,22, mínima de nove meses atingida no final de junho.

Em declaração perante o Congresso na última quarta-feira, Yellen afirmou que a economia está forte o suficiente para que o Fed aumente os juros e comece a reduzir seu imenso portfólio de títulos.

Ela também enfatizou que a inflação está abaixo da meta e observou que é uma “incerteza” particular que poderia afetar a política monetária.

Nesta quinta-feira, Yellen passa pelo segundo dia de declarações ao Congresso norte-americano.

Além disso, dados divulgados nesta quinta-feira mostraram que o número de norte-americanos realizando novos pedidos de benefício de seguro-desemprego caiu na semana passada pela primeira vez em um mês.

Os pedidos iniciais de seguro-desemprego caíram para 247.000 na semana passada a partir de 250.000 na semana anterior, indicando que o mercado de trabalho permanece robusto.

Outro relatório mostrou que os preços ao produtor nos EUA inesperadamente subiram em junho.

Sinais de força no mercado de trabalho e um aumento na inflação ajudariam a reforçar as expectativas de que o Fed realize um terceiro aumento dos juros este ano.

Investidores já aguardam os números da inflação de junho dos EUA, previstos para sexta-feira, por conta do possível impacto que esses números possam ter na política monetária do Fed.

O dólar subia frente ao iene, com o par USD/JPY avançando 0,24% para 113,39 após ter caído para 112,87 durante a noite, mínima de uma semana.

O euro permanecia estável, com o par EUR/USD cotado a 1,1406 após ter caído para 1,1371, mínima intradiária.

O euro encontrava sustentação na sequência de uma matéria do The Wall Street Journal relatando que o BCE provavelmente indicará em setembro que seu programa de compra de ativos será reduzido no ano que vem.

A libra estava mais alta, com o par GBP/USD avançando 0,39% para 1,2933.

A libra teve impulso após Ian McCafferty, decisor do Banco da Inglaterra, afirmar que o banco poderia repensar sua atual política monetária de não reduzir seu enorme programa de compra de ativos até que as taxas de juros tenham subido a níveis mais normalizados.

O dólar norte-americano estava um pouco mais baixo frente ao dólar canadense, com o par USD/CAD cotado a 1,2737, não muito distante de 1,2679, mínima de 13 meses atingida na quarta-feira após o Banco do Canadá elevar as taxas de juros.

Outras modas ligadas a commodities estavam também mais altas, com o par AUD/USDavançando 0,57% para 0,7724 e o par NZD/USD subindo 0,83% para 0,7319 na sequência da divulgação de dados da balança comercial da China melhores do que o esperado em junho.

Be the first to comment on "Moedas – Dólar estável, euro pouco alterado"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*