Especial BitCoin: Gráfico do Dia: Bitcoin Completa um Topo | Dados da Bolsa

Especial BitCoin: Gráfico do Dia: Bitcoin Completa um Topo

Por Pinchas Cohen

Está chegando. Primeiro de agosto. Com o temido prazo final para o debate sobre a possível divisão do bitcoin se aproximando, o risco de uma quebra na cadeia aumenta.

Queda continua

Após os investidores ganharem 800% na moeda desde os US$ 20 de maio de 2015 até o preço atual de US$ 2.050, or até memo ‘apenas’ 137% desde a mínima de US$ 734 de janeiro, esse é o momento de correção, em qualquer corte que se faça.

Para ir mais além, lembra a bolha pontocom dos anos 2000, comparando com a situação atual de uma ganância desmedida de investidores por grandes lucros, e rapidamente.

Bitcoin/Dólar Diário

Bitcoin/Dólar Diário

Cuidado com a volatilidade

Nós previmos uma queda em 23 de maio. Naquele dia a cotação tinha alcançado uma alta de US$ 2.474,70. Desde então, o bitcoin avançou mais 23% para US$ 3.000. Em 19 de junho, nós novamente previmos uma queda. Sugerimos que devido a sua natureza volátil, os filtros deveriam ser multiplicados por 10. Então um movimento de 20% deveria ser considerado como um filtro de 2% para um ativo normal.

Em 13 de julho, o padrão de negociação do bitcoin completou um topo de Ombro-Cabeça-Ombro. Em nossa retrospectiva, a previsão de 23 de maio mostrou ser o ombro esquerdo e a projeção de 17 de junho mostrou ser o início de um ombro direito, após a conclusão da cabeça.

Selloff e pânico

Desde então, o preço caiu abaixo da média móvel de 50 dias de US$ 2.514 (verde) em 9 de julho e abaixo da linha da média móvel de 100 dias de US$ 2,053. Na quinta-feira (13/7), o preço tentou cruzar abaixo da média móvel de 100 dias, mas ao tocar na linha foi como tocar em um fio desencapado.

O preço parece que um cabelo que arrepiou com o choque, ao formar uma candle de onda alta, subindo e caindo, mas fechando perto da abertura – um sinal clássico e investidores em pânico sobre qualquer rumor. Hoje, o preço da criptomoeda fez um pico acima da média móvel de 100 dias, mas foi forçada de volta para abaixo, onde está aos US$ 2.052, logo abaixo da linha.

Algumas semanas atrás, a imprensa financeira estava animada sobre o petróleo e a queda de 20%, quando a commodity entrou em bear market. O bitcoin afundou mais de 40% desde o pico de US$ 3.000 até a mínima de US$ 1.759 na sexta-feira, mas como mencionado acima, dada a extraordinária natureza volátil desse ativo requer a multiplicação dos parâmetros por 10, o que sugere que somente uma ‘queda de 200%’ poderia jogar a moeda em um bear market.

Preço-alvo mínimo

Um movimento de US$ 650 da linha de reversão de US$ 2.250 para US$ 1.600, ou uma queda de 29%. Se o preço-alvo se materializar, o bitcoin terá caído 47%, o que seria uma forte entrada em um bear market de um ativo convencional.

Retorno

A alta de hoje é considerada um movimento de retorno e é clássico após um topo de OCO, com o preço retestando a linha de reversão do padrão que passa a ser resistência de US$ 2.300.

Veja como o volume tem aumentando com a tendência de alta, mas tem caído – com a falta de demanda – dede 11 de junho, no pico de US$ 3.000 da cabeça. Veja também que o volume líquido, que mostra a direção do preço do volume está em queda. As altas estão se reduzindo desde a cabeça, enquanto as baixas estão em queda desde maio. Finalmente, o oscilador do volume – média móvel de volume rápida menos a lenta – confirma a perda de momento.

Estratégias de trading

Conservadores devem esperar evidências de que o movimento de retorno está terminado. Idealmente tocaria a linha de pescoço, ou a linha de reversão, enquanto demonstraria confirmação de fraqueza na ação do preço, volume ou momento. Conservadores devem aguardar em venda até o nível de US$ 2.300 ou, é claro, uma volta do movimento de baixa, o que pode ser sinalizado com a quebra do suporte de 15 de julho do vale do candle de onda alta a US$ 1.759,20 – incluindo profundidade de preço e/ou filtro de tempo – ou US$ 1.910,90 de preço de fechamento que é exatamente abaixo da mínima de 26 de maio a US$ 1.913,20.

Moderados devem aguardar em venda para uma confirmação de queda como um doji, significando um enfraquecimento do movimento atual, um terceiro fechamento abaixo da linha de MM100, ou a confirmação do padrão de baixa do oscilador de volume, com uma queda abaixo do canal de baixa.

Agressivos devem vender logo, enquanto deixam algum espaço para um movimento de retorno

Muito agressivos devem comprar agora – contra a tendência – buscando entrar no movimento de retorno, depois de vender após o preço encostar na resistência, como descrito acima.

Gráfico do Dia: Bitcoin Completa um Topo
 

Be the first to comment on "Especial BitCoin: Gráfico do Dia: Bitcoin Completa um Topo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*