Petrobras: nova política reduziu o prêmio dos preços, avalia UBS | Dados da Bolsa

Petrobras: nova política reduziu o prêmio dos preços, avalia UBS

Oil pumps are seen in Lagunillas, Ciudad Ojeda, in Lake Maracaibo in the state of Zulia, Venezuela, March 20, 2015. REUTERS/Isaac Urrutia

Money Times – O UBS, que tem acompanhado de perto a nova política de preços da estatal, decidiu cortar o preço-alvo para as ações preferenciais de R$ 20 para R$ 18. A recomendação de compra foi mantida.

“Acreditamos que a primeira intenção da Petrobras (SA:PETR4) em relação à política de preços era manter um prêmio de 15% de importação de combustível para garantir a geração de caixa e ajudar o processo de desalavancagem”, explicam os analistas Luiz Carvalho e Julia Ozenda.

“No entanto, uma rápida reação dos importadores fez com que a taxa de utilização das refinarias da Petrobras caísse para 77% (1T17), forçando a empresa a baixar o seu combustível premium e adicionar volatilidade ao mercado interno fazendo ajustes diários de preços”, avalia o banco.

O relatório ainda chama a atenção para a demora no plano de desinvestimentos da empresa avalia que a postura dos compradores e o senso de urgência da Petrobras em vender não parecem estar alinhados, o que pode levar a novos atrasos. Por fim, o UBS ressalta que a definição sobre a renegociação da transferência de direitos no pré-sal com o governo tem levado mais tempo do que o previsto inicialmente.

Por Money Times

Link Original: https://br.investing.com/news/mercado-de-a%C3%A7%C3%B5es-e-financeiro/petrobras:-nova-pol%C3%ADtica-reduziu-o-pr%C3%AAmio-dos-pre%C3%A7os,-avalia-ubs-503893

Be the first to comment on "Petrobras: nova política reduziu o prêmio dos preços, avalia UBS"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*