Bom dia Mercado: Dia mede correlação da vitória Temer com reforma | Dados da Bolsa

Bom dia Mercado: Dia mede correlação da vitória Temer com reforma

Logo da BM&FBovespa exibido em telões dentro da bolsa de São Paulo. 07/10/2013 REUTERS/Nacho Doce

Por Patricia Lara

(Bloomberg) — Vitória de Temer com rejeição de denúncia da Procuradoria traz expectativa de que agenda de reformas pode avançar e mercado expõe leitura, em meio a dúvidas sobre capital político para resgatar a PEC da Previdência, segundo analistas.

ETFs de Brasil tem alta moderada. Temer obteve apoio de 263 deputados e aprovação da impopular PEC da Previdência precisa de

308 votos às vésperas do ano eleitoral. Segundo O Estado, governo prepara anúncio de novas concessões de infraestrutura após vitória. Resultado na Câmara custou pelo menos R$ 13,2 bi aos cofres públicos, diz Valor, em momento de busca de mais receita para manter meta fiscal. No exterior, ações retrocedem, petróleo e minério sobem. Às 7:31, este era o desempenho dos índices do mercado:

* S&P 500 Futuro -0,1%

* FTSE 100 +0,1%

* CAC-40 +0,3%

* Shanghai SE Composite -0,4%

* Nikkei 225 -0,3%

* MSCI World -0,1%

 

Internacional: Ações retrocedem de recorde e euro pausa avanço

* Ações retrocedem de níveis sem precedentes e dólar sobe com operadores à espera de dados do mercado de trabalho nos EUA amanhã, já que agenda de indicadores é mais fraca hoje

* Dólar se valoriza ante 10 de 16 principais pares com rand e won na ponta das mais pressionadas no bloco; euro está estável

* Libra esterlina se aprecia à máxima desde set/2016 após PMI Serviços e antes de decisão do BoE; ainda que expectativa seja de juro inalterado, governador do BC, Mark Carney, pode sinalizar um viés mais hawkish no anúncio da decisão e na divulgação do relatório de inflação

* Petróleo se aproxima de US$ 50 com operadores pesando queda em estoques nos EUA e expansão da produção para maior nível desde

julho/2015

* Minério de ferro futuro sobe; embarques dos principais produtores são estimados em 309,4 mi t no 3T, ou +3,6% a/a e

+3,4% t/t, segundo Bernstein em relatório semanal de

rastreamento

* Ministro francês se alegra com perspectiva de imposto de Neymar

 

Para Acompanhar: Mercado mede correlação da vitória de Temer com reformas

* Mercados devem reagir à vitória de Temer na Câmara após deputados votarem pelo não prosseguimento da denúncia de corrupção passiva contra o presidente

** Resultado foi considerado ‘eloquente’ pelo presidente e pode resgatar agenda do governo, mas sem garantir reformas, segundo analistas ouvidos pela Bloomberg

* Temer: Arquivamento da denúncia é vitória do estado democrático

* Placar pró-Temer resgata agenda do governo sem garantir reforma

* Eurasia vê vitória dando condições para governo renegociar reforma da Previdência

* Próxima batalha é a Previdência, diz Padilha e resultado da votação da denúncia contra o Temer é demonstração de força

* ETF de Ibovespa sobem em Tóquio e na Europa após resultado

* Governo prepara anúncio de novas concessões de 18 empreendimentos após vitória: Estado

* Credit Suisse vê cenário mais positivo que o esperado, não descarta possibilidade de outra denúncia de Janot

* Padovani: Previdência é difícil mesmo com boa vitória de Temer

* Câmara nega autorização para abertura de processo contra Temer

 

Outros Assuntos: Cesp, Tesouro

* Cesp tem leilão de privatização agendado para 26 de setembro e governo do Estado de SP vai vender fatia correspondente a 40%, segundo Valor

* Tesouro oferta LTNs para os vencimentos 2018, 2019 e 2021 e NTNs-F para 2023 e 2027

* CPI do BNDES é instalada, escolhe presidente e relator

 

Governo:

* Temer tem despachos internos

* Meirelles tem reunião com investidores organizada pelo diretor-executivo de Pesquisa Econômica para América Latina do Goldman Sachs, Alberto Ramos, 13:30, depois participa da 4ª Conferência Anual sobre Macroeconomia e Estratégia no Brasil, organizada pelo Goldman Sachs, 15:00

** Eduardo Guardia, secret.-Executivo, reúne-se com pres. da Anbima, Robert van Dijk, 10:00, com pres. da Caixa Econômica, Gilberto Occhi, 14:00, e com diretor-geral da Abin, Janér Tesch Hosken Alvarenga, 15:00

** Ana Paula Vescovi, secret. do Tesouro, participa de reunião prévia do conselho da Caixa Econômica, 10:00, almoça com pres.

do BC, Ilan Goldfajn, 12:00, e reúne-se com membros do Consefaz,

14:00

* Ilan tem café da manhã com o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Eduardo Guardia, reunião com deputado Alfredo Kaefer (PSL/PR), com deputado José Carlos Aleluia (DEM/BA), com Ana Paula Vescovi, secret. do Tesouro, tem reunião com investidores organizada pelo Goldman Sachs em SP e faz palestra na 4ª Conferência Anual sobre Macroeconomia e Estratégia no Brasil, promovida pelo Goldman Sachs, em SP (fechado à imprensa)

 

Eventos corporativos:

* Porto Seguro: Teleconferência de resultados em português e inglês, 10:00

* Duratex: Teleconferência de resultados em português, 10:00, e inglês, 11:00

* Suzano: Teleconferência de resultados em português e inglês,

10:30

* Totvs: Teleconferência de resultados em português, 10:30, e inglês, 12:00

* Hering: Teleconferência de resultados em português e inglês,

11:00

* Arezzo: Teleconferência de resultados em português e inglês,

12:00

* JBS: Conselho se reúne para discutir alienação da Vigor para Lala

 

Economia:

* 8:00: Taxa BoE, est. 0,250% (ant. 0,250%)

* 9:30: Seguro-desemprego EUA 29/jul, est. 243.000 (ant.

244.000)

* 10:00: Markit PMI Composto jul (ant. 48,5)

* 10:00: Markit PMI Serviços jul (ant. 47,4)

* 11:00: EUA Pedidos às fábricas jun, est. 3,0% (ant. -0,8%)

* 11:00: EUA Pedidos bens duráveis jun final, est. 0,0% (ant.

6,5%)

 

Balanços:

* Multiplus pós-mercado

* Smiles pós-mercado

* Sulamérica pós-mercado

 

Empresas: Duratex, Suzano, Ser, Totvs, Hering, Alliar

* ABC Brasil: Lucro recorrente 2T frustra menor est.

* Duratex: Ebitda ajustado 2T17 supera maior estimativa

* Suzano: Ebitda ajustado 2T17 supera maior estimativa

** Itaú BBA: Ebitda supera com sólida performance de custo

* BRF: José Roberto Prnomian renuncia em meio a decisão judicial

* Ser: Uninassau Maceió foi credenciada para ensino à distância

* Totvs: Receita líquida 2T17 frustra menor estimativa

* Hering: Lucro líquido 2T17 supera maior estimativa

* Alliar: Frederico Oldani terá nome submetido ao conselho para cargo de diretor financeiro

* Sabesp: Governo de SP manda à assembleia projeto de reorganização societária

* Metalfrio: AGE aprova de aumento capital de R$ 40 mi-R$ 100 mi

* Taesa: AGE ratifica transferência de fatias de concesionárias da Cemig à cia.

 

Mercado de 2/agosto: Dólar e DI recuam confiantes em vitória de Temer

* Bolsa: Antes da votação, no plenário da Câmara, sobre prosseguimento da denúncia da PGR contra Temer, Ibovespa fechou perto das máximas, com avanço dos preços de petróleo e diante de expectativa de vitória do presidente; Ibov +0,9%, a 67.136 pontos

* Juros: Taxas dos contratos futuros de juros fecharam em baixa, em dia de enfraquecimento do dólar, com expectativa do mercado de que governo conseguiria derrotar denúncia contra Temer no plenário da Câmara

* Câmbio: Dólar teve 2º recuo em 3 sessões, fechando abaixo de R$ 3,12, diante do enfraquecimento da divisa americana frente à maioria das moedas emergentes e com investidores confiando no arquivamento da denúncia contra Temer; dólar -0,4%, a R$ 3,1137

Be the first to comment on "Bom dia Mercado: Dia mede correlação da vitória Temer com reforma"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*