Bom dia Mercado: Fique por dentro das principais notícias do mercado desta quinta-feira | Dados da Bolsa

Bom dia Mercado: Fique por dentro das principais notícias do mercado desta quinta-feira

Investing.com – Confira as cinco principais notícias desta quinta-feira, 3 de agosto, sobre os mercados financeiros:

1. Anúncio de política monetária do Banco da Inglaterra

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) anunciará sua decisão sobre a taxa de juros às 08h00 (horário de Brasília) desta quinta-feira. O banco central também publicará seu relatório trimestral da inflação no mesmo horário.

Mark Carney, dirigente do BoE, participará de uma entrevista coletiva pouco depois do anúncio.

Dados econômicos fracos desde a reunião do banco central britânico em junho combinados à profunda incerteza quanto ao impacto do Brexit parecem sugerir que o BoE provavelmente manterá as taxas de juros em seus atuais níveis recordes mínimos.

libra atingiu 1,3266, máxima de 11 meses frente ao dólar. Estava cotada a 1,3255, alta em torno de 0,2% no dia.

2. Atenção aos dados do setor não industrial dos EUA

Investidores aguardavam um importante lote de dados econômicos norte-americanos para avalar como esses dados impactarão na perspectiva de política monetária do Federal Reserve.

Os dados de hoje incluem pedidos semanais de seguro-desemprego às 09h30 (horário de Brasília), seguidos pelo estudo do ISM sobre o setor não industrial às 11h00. As encomendas à indústria também terão seus dados divulgados às 11h00.

O relatório sobre as folhas de pagamento não agrícolas de julho está previsto para sexta-feira.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, estava pouco alterado em 92,80 no início do pregão após ter chegado à mínima de 92,39 na sessão anterior, o nível mais fraco em 15 meses.

3. Última grande onda de resultados dos EUA

Dezenas de empresas deverão divulgar resultados hoje no que deve ser uma das últimas grandes ondas da temporada de resultados.

Antes da abertura, espera-se os resultados de Aetna (NYSE:AET), Yum Brands (NYSE:YUM), Kellogg (NYSE:K), Hyatt Hotels (NYSE:H), Teva (NYSE:TEVA), Allergan (NYSE:AGN), Clorox (NYSE:CLX), Sotheby’s (NYSE:BID), Grubhub (NYSE:GRUB), e Chesapeake Energy (NYSE:CHK).

Kraft Heinz (NASDAQ:KHC), Viacom (NASDAQ:VIA), Activision Blizzard (NASDAQ:ATVI),Universal Display (NASDAQ:OLED), GoPro (NASDAQ:GPRO), Weight Watchers (NYSE:WTW) e Shake Shack (NYSE:SHAK) divulgarão seus números após o fechamento.

Os resultados da Tesla (NASDAQ:TSLA) também estarão em foco após a montadora de automóveis declarar, no final da quarta-feira, que as receitas trimestrais duplicaram, o que levou suas ações a ficarem quase 7% mais altas nas negociações antes do pregão.

4. Bolsas do mundo majoritariamente em baixa

As bolsas de valores de todo o mundo estavam majoritariamente em baixa, já que investidores embolsavam os últimos ganhos de um rali recente que foi sustentado por resultados corporativos melhores do que o esperado e sinais de que a economia global estaria melhorando.

As bolsas asiáticas encerraram majoritariamente em território negativo, conduzidas por baixas nas ações do setor de tecnologia da Coreia do Sul.

Na Europa, as ações caíram de volta uma vez que papéis do setor de energia e de bancos levavam os grandes índices para baixo.

Enquanto isso, o mercado futuro dos EUA apontava para uma abertura em baixa em Wall Street, com o índice blue chip futuros do Dow indicando um recuo de 22 pontos, ou cerca de 0,1%, para 21.937. Na quarta-feira, o índice quebrou a barreira dos 22.000 pontos pela primeira vez em seus 121 anos de história.

Além disso, os futuros do S&P 500 caíam 5 pontos, ou cerca de 0,2%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 recuavam 9 pontos, ou cerca de 0,2%.

5. Petróleo sobe com investidores otimistas devido a dados norte-americanos

Preços do petróleo estavam mais altos já que investidores viram os dados semanais dos estoques norte-americanos de petróleo bruto e produtos refinados como positivos.

A Administração de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês) divulgou uma redução de 1,5 milhão de barris nos estoques de petróleo bruto dos EUA na semana passada, abaixo das expectativas dos analistas.

Contudo, os estoques de gasolina tiveram uma redução maior do que o esperado de 2,5 milhões de barris, enquanto a demanda atingiu um recorde acima de 9,8 milhões de barris por dia, afirmou a EIA.

petróleo dos EUA tinha o barril negociado a US$ 49,74, uma alta de US$ 0,17, enquanto o petróleo Brent avançava US$ 0,22 para US$ 52,58 o barril.

6. Vitória de Temer custa caro

A vitória do presidente na Câmara teve um custo alto para os cofres públicos e deve afetar o bolso do setor privado, afirma o Valor Econômico. Somente três iniciativas para agradar aos parlamentares – a liberação de emendas, o refinanciamento de dívidas de produtores rurais e o aumento dos royalties da mineração – somam R$ 13,2 bilhões.

7. Cade aplica multa de R$40 mi à JBS por descumprimento de acordo

Segundo o Cade, em maio deste ano, o JBS desfez a operação com frigoríficos, mas sem seguir as condições pré-determinadas pelo conselho.

8. Cia Hering registra alta de 42,8% no lucro do 2º trimestre

avanço é atribuído à melhora do resultado operacional e à receita financeira líquida proveniente de uma ação judicial da década de 90.

9. Suzano tem queda de 79% no lucro do 2º trimestre, a R$199 mi.

resultado da companhia medido pelo Ebitda ajustado foi de 1,157 bilhão de reais, aumento de 19,6% na comparação anual.

Fontes: Infomoney, Investing.com e Exame.

Be the first to comment on "Bom dia Mercado: Fique por dentro das principais notícias do mercado desta quinta-feira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*