Fechamento: O Fechamento do Mercado Mais Completo!,Bovespa recua 0,53% com ajuste após ganhos ! Destaques para as Ações, Confira! | Dados da Bolsa

Fechamento: O Fechamento do Mercado Mais Completo!,Bovespa recua 0,53% com ajuste após ganhos ! Destaques para as Ações, Confira!

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) – O principal índice da bolsa paulista fechou em baixa nesta quinta-feira, com os ganhos recentes, que levaram o índice de volta aos 67 mil pontos, abrindo espaço para ajustes e após a Câmara dos Deputados barrar a denúncia contra o presidente Michel Temer.

Ibovespa fechou em queda de 0,53 por cento, a 66.777 pontos, após fechar no azul nos cinco pregões anteriores, acumulando alta de 3,27 por cento no período. O giro financeiro nesta sessão somou 6,9 bilhões de reais.

Com a decisão da Câmara dos Deputados na véspera, o Supremo Tribunal Federal (STF) fica impedido de julgar a acusação criminal apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Temer até ele deixar o cargo.

“Vamos ter período de alívio… Mas não podemos esquecer que em breve deve vir outra denúncia do Janot e isso pode voltar a colocar a política no centro das atenções”, disse o economista da corretora Guide Investimentos Ignacio Crespo Rey, acrescentando que ainda não vê motivos para mudança de patamar do Ibovespa.

Embora a permanência de Temer no cargo seja bem recebida diante a perspectiva de que o governo poderá avançar em sua agenda econômica, ainda há alguma cautela também diante do placar da votação. Foram 263 votos contra a autorização para STF julgar a denúncia, enquanto os favoráveis à investigação somaram 227 votos. Houve duas abstenções e 19 ausências.

O placar, segundo analistas da corretora Coinvalores “denota o enfraquecimento do governo e não garante, de forma alguma, vitória da reforma da Previdência na Câmara”. A equipe destacou ainda como fator de cautela o custo decorrente da votação.

DESTAQUES

– ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES ON cedeu 5,38 por cento, pior desempenho do Ibovespa, mantendo o processo de ajuste e acumulando queda de 9,56 por cento em três sessões, após subir 21,14 por cento nos três pregões anteriores.

– CIELO ON recuou 3,11 por cento, engatando o terceiro pregão no vermelho e acumulando perda de 8,16 por cento no período, na esteira do resultado de segundo trimestre. Apenas na véspera, a ação caiu mais de 5 por cento.

– PETROBRAS PN recuou 1,48 por cento e PETROBRAS ON cedeu 1,5 por cento, com os preços do petróleo firmando-se no vermelho durante a tarde e após alta de quase 3 por cento dos papéis preferenciais na véspera.

– VALE PNA caiu 1,04 por cento e VALE ON teve baixa de 1,38 por cento, na contramão dos contratos futuros do minério de ferro na China nesta sessão.

– SUZANO PAPEL E CELULOSE PNA caiu 0,9 por cento, em movimento de ajuste após subir mais de 11 por cento nos dois pregões anteriores. Também no radar estava o resultado do segundo trimestre da empresa, que mostrou queda de 79,2 por cento no lucro, mas com números operacionais fortes que foram bem recebidos por analistas.

– ELETROBRAS PNB avançou 4,24 por cento e ELETROBRAS ON ganhou 2,98 por cento, liderando a ponta positiva do índice. Os papéis da empresa têm mostrado volatilidade em meio ao noticiário intenso, que inclui o plano do governo de reforma do setor elétrico, anunciado no início de julho, além do programa de reestruturação da estatal que busca sair de uma enorme crise financeira.

– BRF (SA:BRFS3) ON subiu 2,79 por cento, entre as maiores altas do Ibovespa. No radar estava a renúncia ao cargo do diretor vice-presidente da companhia, José Roberto Pernomian Rodrigues, na esteira da decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região em processo criminal envolvendo o executivo.

– CESP PNB (SA:CESP6), que não faz parte do Ibovespa, avançou 1,93 por cento, após a divulgação de edital de privatização da elétrica paulista, que prevê um preço de 16,80 reais por ação para a venda do bloco de controle da companhia pelo governo do Estado de São Paulo, o que pode movimentar cerca de 1,95 bilhão de reais na licitação, prevista para acontecer em 26 de setembro.

Dólar encerra com leve queda ante real após vitória de Temer

Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar encerrou a quinta-feira com leve baixa ante o real, após o presidente Michel Temer ter conseguido na noite passada barrar na Câmara dos Deputados o andamento da denúncia contra ele por crime de corrupção passiva por maioria absoluta.

Apesar do resultado, os 263 votos favoráveis ao governo são insuficientes para garantir a aprovação da reforma da Previdência, considerada essencial pelos agentes econômicos para colocar as contas públicas do país em ordem. A reforma precisa de 308 votos por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição.

O dólar recuou 0,20 por cento, a 3,1136 reais na venda, renovando o menor valor de fechamento desde 16 de maio (3,0955 reais). Na mínima do dia, a moeda registrou 3,1111 reais. O dólar futuro tinha leve alta de 0,02 por cento.

“Nem tanto ao mar, nem tanto à terra”, escreveu a corretora Guide em relatório. “É difícil interpretar estes números como sinal inequívoco de que Temer conseguirá aprovar novas reformas no Congresso”, acrescentou.

O governo agora vai se voltar novamente para a agenda econômica, sobretudo com a Previdência e a simplificação tributária, após a demonstração de força política na véspera, conquistada em meio à intensa liberação de verbas por meio de emendas parlamentares.

Mas o movimento não será dos mais fáceis. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu depois da votação da véspera que a base seja reorganizada para retomar a discussão da reforma da Previdência.

Nesta quinta-feira, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a expectativa é de ver a reforma da Previdência aprovada em outubro. Disse ainda que o governo está “trabalhando duro” na reforma tributária, que deverá ser apresentada ao Congresso Nacional “proximamente”.

O mercado também ficará de olho porque outras denúncias contra o Temer podem surgir, já que o presidente também é investigado por crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa.

“Ainda assim, a possibilidade de avanços na reforma da Previdência, em vista ao placar largo em favor do presidente, é maior neste momento e a pretensa estabilidade política que se segue pode incrementar os índices de confiança como um todo”, afirmou o economista-chefe da corretora Infinity, Jason Vieira, em nota.

No exterior, o dólar operava com leves oscilações ante uma cesta de moedas e subia ante algumas divisas de países emergentes, como o peso mexicano e lira turca, à espera da divulgação do relatório do mercado de trabalho dos Estados Unidos na sexta-feira.

(Edição de Patrícia Duarte e Luiz Guilherme Gerbelli)

Link Original: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-do-mercado/dolar-encerra-com-leve-queda-ante-real-apos-vitoria-de-temer-504833

https://br.investing.com/news/mercado-de-a%C3%A7%C3%B5es-e-financeiro/bovespa-recua-053-com-ajuste-apos-ganhos-recentes-e-vitoria-de-temer-na-camara-504855

Be the first to comment on "Fechamento: O Fechamento do Mercado Mais Completo!,Bovespa recua 0,53% com ajuste após ganhos ! Destaques para as Ações, Confira!"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*