Bolsa sinaliza abertura negativa com tensão entre EUA e Coreia do Norte | Dados da Bolsa

Bolsa sinaliza abertura negativa com tensão entre EUA e Coreia do Norte

Investing.com – O Ibovespa indica abertura no terreno negativo dando sequência ao pessimismo da segunda metade do pregão de ontem, quando o índice devolveu todos os ganhos da manhã e encerrou com leve queda de 0,06%. No radar, as ameaças de guerra entre EUA e Coreia do Norte, inflação acima da projetada, discussão da meta fiscal e uma série de notícias corporativas.

Ibovespa Futuros recua 0,7% para 67.568 pontos, pesando sobre o índice na abertura dos mercados.

O pregão de hoje deverá começar como terminou a sessão de ontem, com cautela após a escalada de tensões entre Estados Unidos e Coreia do Norte, que derrubou os índices norte-americanos e pesaram sobre o pregão asiático e europeu. Os futuros dos EUA operam com perdas de 0,2% no Dow 30, 0,4% no S&P 500 e de 0,7% no Nasdaq.

No Brasil, o balão de ensaio do governo para criar uma nova faixa com alíquota de 35% de imposto de renda para os mais ricos foi esvaziado ontem, com forte reação negativa e oposição declarada do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. A ventilação da possibilidade de um aumento de imposto reforça o debate sobre ajuste fiscal antes de reunião hoje às 15h marcada entre o presidente Temer e seus ministros Henrique Meirelles, Eliseu Padilha e Romero Jucá, que deverá definir a estratégia do governo para, possivelmente, aumentar a meta de déficit do ano.

A imprensa nacional aceitou o balão de ensaio do governo e repercute hoje diversas alternativas de ajuste fiscal que deverão ser estudadas antes de uma mudança na alíquota do IRPF. Entre as possibilidades apresentadas por Folha de S.Paulo, Estadão e Folha estão o fim de benefícios fiscais para setores com exportadores da indústria química, o novo texto do Refis, a tributação de dividendos e fim do benefício de isenção de impostos a papéis como LCIs e LCAs.

A inflação de julho mostrou uma leve aceleração em um mês de forte tributação sobre a gasolina e subiu para 0,24%, contra deflação de 0,23% em junho. O número veio perto do intervalo traçado pelos analistas de 0,08% e 0,27% e acima da mediana. No acumulado do ano, o resultado é o menor da série histórica com 1,43%.

Commodities

petróleo opera em alta de 0,7% aos US$ 49,50 o barril nos EUA e US$ 52,50 no Brent, em Londres, na expectativa pelos dados oficiais de estoques norte-americanos que serão publicados às 11h30. A expectativa é por redução de 2,7 milhões de barris

minério de ferro subiu 1,2% nos contratos futuros da bolsa de Dalian, negociados a 601 iuanes a tonelada.

Mundo corporativo

A Gerdau (SA:GGBR4) teve lucro líquido consolidado ajustado de {{erl|18689|R$ 147 milhões}} no segundo trimestre, queda de 20,1%ante o resultado positivo de R$ 184 milhões mesmo período de 2016. A geração de caixa medida pelo Ebitda ajustado ficou em R$ 1,12 bilhão de abril a junho, queda de 6,7%.

A Gol (SA:GOLL4) teve lucro operacional de recorrente (Ebit) de R$ 37 milhões de reais no segundo trimestre, revertendo resultado negativo registrado no mesmo período do ano passado, apoiada na conclusão de processo de reestruturação que ampliou a utilização de suas aeronaves em cerca de 1 hora no período.

A Renova Energia (SA:RNEW11), controlada pela Cemig (SA:CMIG4), informou que está em fase avançada de negociação com a Engie Brasil Energia (SA:EGIE3) para venda do Complexo Eólico Umburanas.

A Natura (SA:NATU3) foi rebaixada para BB (SA:BBAS3), de BB+, pela S&P.

A elétrica Eneva (SA:ENEV3) apresentou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro de oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias após o Conselho de Administração aprovar o movimento nesta terça-feira.

A Sanepar (SA:SAPR4) registrou queda de 5,8% no lucro do segundo trimestre, que somou R$ 196,9 milhões. O Ebitda ficou em R$ 320,50 milhões, recuo de 5,7%.

A BR Properties apurou prejuízo líquido de R$ 8,79 milhões, redução de 67% na comparação com igual período do ano passado. O Ebitda ajustado totalizou R$ 82,97 milhões, queda de 15%.

Be the first to comment on "Bolsa sinaliza abertura negativa com tensão entre EUA e Coreia do Norte"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*