Bom dia Mercado: Eletrobras alivia tropeço com Cemig; TLP em cena | Dados da Bolsa

Bom dia Mercado: Eletrobras alivia tropeço com Cemig; TLP em cena

Por Josue Leonel e Vinícius Andrade

(Bloomberg) — Mercado deve reagir positivamente à decisão do governo de privatizar Eletrobras para arrecadar R$ 20 bi.

Notícia compensa desconforto com suspensão da venda de usinas da Cemig, que pode render R$ 11 bi, e que ajudou reverter alta dos ativos brasileiros na véspera. Governo deve recorrer. Investidor ainda espera avanço da TLP em comissão da Câmara, após Meirelles dizer à Folha que vê chance de Previdência este ano. Na véspera do IPCA-15, agenda é fraca no Brasil exterior.

Ações europeias interrompem baixa de três dias com alta dos metais. Dólar sobe contra maioria dos pares com BCs em foco.

Yields dos treasuries têm alta moderada. Petróleo pausa queda antes de dados de estoques. Às 7:33, este era o desempenho dos principais índices:

* S&P 500 Futuro +0,1%

* FTSE 100 +0,7%

* CAC-40 +0,5%

* Nikkei 225 -0,1%

* Shanghai SE Composite +0,1%

* MSCI World estável

 

Internacional: Bolsas avançam com volume restrito; dólar sobe, ouro cai

* Bolsas europeias sobem após três baixas seguidas, com volume de negócios ainda baixo, e S&P futuro tem leve ganho; mineradoras puxam ganhos no Stoxx 600

* Sentimento positivo não se reproduz no mercado de moedas e maioria das principais divisas cai diante do dólar; alguns investidores estariam se posicionando comprados diante do risco de alta do dólar antes da fala de Yellen em Jackson Hole, dia 25

* Yields dos treasuries e da maioria dos países europeus sobem moderadamente; yield brasileiro de 10 anos destoa em leve baixa

* Petróleo tem leve alta após cair 2,4% ontem antes de dado de estoques nos EUA; cobre e níquel sobem em Londres, enquanto vergalhão de aço recua e minério de ferro avança em Dalian; ouro cai

 

Para Acompanhar: Plano de privatizar Eletrobras; recurso na Cemig

* Mercado deve reagir aos planos do governo de privatizar a Eletrobras, anunciado na noite desta segunda-feira

** Governo quer manter poder de veto na cia. e pode arrecadar R$

20 bi com a privatização da cia.

** Ministro Fernando Coelho Filho, das Minas e Energia, comenta a decisão em coletiva de imprensa às 10:00 em Brasília

* Santander: anúncio inesperado e positivo, espera reação positiva da ação

* Segundo o Valor, Fazenda acertou privatização após aumento da meta de déficit fiscal para R$ 159 bi em 2017-18

* AGU recorrerá de decisão que suspende leilão de usinas da Cemig

* NOTA: Desembargador do TRF 1ª Região concedeu a liminar na sexta-feira, atendendo ação do advogado Guilherme da Cunha Andrade, que questiona o valor da venda de R$ 11 bi, que ele considera abaixo do valor real; com base nos investimentos feitos pela Cemig ao longo do período de concessão, advogado considera que as usinas valeriam ao menos R$ 18 bi

* Governo prevê 58 privatizações, com R$ 44 bi de investimentos; entre propostas de venda e concessão, poderiam entrar infraestrutura, Casa da Moeda e Parque Olímpico do Rio: Globo

* Reunião da diretoria da Aneel, Brasília, 9:00

* Tesouro oferta até 500.000 NTN-B para 2022 e 2026 e até

150.000 para 2035 e 2055, das 11:00 às 11:30, resultado a partir das 12:00

* Fazenda: Primeira parcela do 13º do INSS injeta R$ 19,8 bi em ago-set

 

Outros destaques: TLP pode ser votada na Câmara; Meirelles e previdência

* Comissão especial mista tem leitura do relatório sobre Medida Provisória 777, que trata da nova Taxa de Longo Prazo (TLP),

15:00

** Jucá: Vamos votar Medida Provisória da TLP nesta terça na comissão

* Planalto prevê 18 votos a favor da TLP x 8 contra na comissão:

Valor

* Eurasia: TLP deve avançar na comissão nesta terça-feira

* Tendência: TLP deve ser aprovada, mas risco é muito elevado

* Meirelles vê chance de reforma Previdência passar este ano:

Folha

** Sobre as eleições de 2018, Meirelles disse que um candidato com uma mensagem reformista deve ganhar

 

Economia:

* 10:00: FHFA Índice de preços de moradias EUA m/m jun est. 0,5% (ant. 0,4%)

* 10:00: Conference Board China jul

* 11:00: Fed Richmond Índice de Manufaturas ago est. 10 (ant.

14)

* 21:30: Nikkei Japão PMI manufatura ago prévia (ant. 52,1)

 

Empresas: Eletrobras, Petrobras, Gafisa, Even, Oi

* Governo propõe privatizar Eletrobras, permanecendo como acionista

** Manterá poder de veto na administração, garantindo que decisões estratégicas sejam preservadas, tais como os encargos setoriais da CDE e o financiamento de projetos de revitalização do Rio São Francisco

* Comissão de ética pública impõe sanção a diretor da Petrobras

* Gafisa: Carlos Calheiros assume diretoria financeira

* Even aprova emissão de R$ 200 mi em debêntures

* Oi: Juiz da comarca de Lisboa reconhece recuperação judicial

** Divergência no conselho da Oi atrasa novo plano de

recuperação: Valor

** NOTA: Kassab disse ontem que risco de intervenção sobe se situação da Oi não melhorar

 

Eventos corporativos e conferências:

* Eletrobras faz reunião com analistas e investidores, Brasília,

18:00

* O&G Tech Week 2° dia, Rio de Janeiro, 9:00

* Multiplan tem reunião com analistas e investidores, Rio de Janeiro, 8:30

* EDP Brasil realiza coletiva de imprensa, São Paulo, 10:30

 

Mercado de 21/agosto: Cemig e Jucá alimentam receio com cenário fiscal

* Bolsa: Ibovespa teve leve queda, apesar de permanecer acima dos 68.000 pontos, monitorando noticiário político local, em dia de vencimento de opções sobre ações na B3. -0,1%, 68.634,65 pontos

* Juros: Maioria das taxas intermediárias e longas dos contratos futuros de juros fechou em alta, após liminar suspender leilão de usinas da Cemig e denúncia da PGR contra líder do governo no Senado Romero Jucá. Jan/23, +9 pontos, 10,10%, após 9,97% na mínima

* Câmbio: Dólar reverteu perdas ao longo da sessão e se aproximou dos R$ 3,17, com noticiário doméstico mais negativo fomentando sentimento de cautela com quadro fiscal; real teve pior performance entre principais divisas globais e cesta com 24 emergentes. +0,6%, R$ 3,1651; máxima de R$ 3,1711 e mínima R$

3,1371

 

Governo:

* Fernando Coelho Filho faz coletiva de imprensa sobre o plano de democratização da Eletrobras na bolsa, Brasília, 10:00

* Temer reúne-se com deputado Marcus Pestana (PSDB/MG) e Bruno Siqueira, prefeito de Juiz de Fora/MG, 10:00, Luislinda Valois, min. dos Direitos Humanos, 11:30, Leonardo Picciani, min. do Esporte, 14:30, Sérgio Sá Leitão, min. da Cultura, 15:00, e participa da cerimônia de Abertura do 28º Congresso Aço Brasil,

18:00

* Meirelles participa da abertura do Seminário CARF de Direito Tributário e Aduaneiro, 8:30, depois tem reunião com investidores institucionais, 10:30, se reúne com membros da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização

(CMO) e o deputado federal André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso, 12:00, com pres. do BC, Ilan Goldfajn, 13:00, e com deputado federal Nilson Leitão (PSDB-MT), 16:00

* Ilan faz palestra no evento de Lançamento da Política de Responsabilidade Socioambiental do BC em Brasília, 9:00, à tarde almoça com Meirelles e secretários do Ministério da Fazenda, na Fazenda, em Brasília

Be the first to comment on "Bom dia Mercado: Eletrobras alivia tropeço com Cemig; TLP em cena"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*