Dólar amplia ganhos devido a dados positivos dos EUA | Dados da Bolsa

Dólar amplia ganhos devido a dados positivos dos EUA

Pacote de notas de cinco dólares dos Estados Unidos passa por inspeção em Washington, nos Estados Unidos 26/03/2015 REUTERS/Gary Cameron/File Photo

Investing.com – O dólar ampliava os ganhos frente a uma cesta de outras importantes moedas nesta quarta-feira, já que relatórios econômicos positivos nos EUA revitalizaram as expectativas de um terceiro aumento dos juros do Federal Reserve este ano.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, tinha alta de 0,47% chegando a 92,69 às 09h48 (horário de Brasília). O índice caiu à mínima de 91,55 na terça-feira, nível mais fraco desde janeiro de 2015.

O dólar teve impulso após o Departamento de Comércio dos EUA relatar que a economia norte-americana cresceu em taxa anualizada de 3,0% no segundo trimestre, percentual mais alto que a estimativa inicial de 2,6%.

Outro relatório mostrou que o setor privado dos EUA criou 237.000 empregos em agosto, superando expectativas e o maior aumento em um mês em um período de cinco meses.

O dólar estava em alta frente ao iene, considerado porto seguro, com o par USD/JPYavançando 0,45% para 110,17, recuperando-se da mínima de quatro meses da sessão anterior de 108,26.

A moeda dos EUA subiu mais cedo, já que os mercados se recuperavam da queda ocorrida na segunda-feira devido ao lançamento do míssil da Coreia do Norte, que sobrevoou o Japão. Investidores se mostraram tranquilizados pela resposta relativamente moderada de Donald Trump, presidente dos EUA.

O dólar subia frente ao franco suíço, com o par USD/CHF avançando 0,33% para 0,9587, bem acima da mínima de dois meses atingida na terça-feira que foi de 0,9428.

O iene e o franco suíço são frequentemente procurados em momentos de tensões geopolíticas ou turbulência do mercado porque ambos os países possuem grandes superávits em contas correntes.

O euro ampliava as perdas frente ao dólar, com o par EUR/USD recuando 0,43% para 1,1920, afastando-se da máxima de 1,2069 atingida na terça-feira, nível mais alto desde 2 de janeiro de 2015.

Expectativas de que o BCE anuncie logo seus planos de reduzir seu programa de estímulo de compra de títulos têm levado o euro a subir cerca de 13% frente ao dólar apenas neste ano.

Be the first to comment on "Dólar amplia ganhos devido a dados positivos dos EUA"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*