Bom Dia Mercado: Fique por dentro das principais notícias do mercado desta quarta-feira | Dados da Bolsa

Bom Dia Mercado: Fique por dentro das principais notícias do mercado desta quarta-feira

Investing.com – Confira as cinco principais notícias desta quarta-feira, 6 de setembro, sobre os mercados financeiros:

1. Dólar cai e ouro se sustenta em meio a tensão com Coreia do Norte

O dólar permanecia em baixa frente a uma cesta com outras importantes moedas nesta quarta-feira em meio a tensões elevadas na península coreana.

Investidores estavam nervosos após Moon Jae-in, presidente sul-coreano, alertar na quarta-feira que a crise na península coreana tem o risco de se tornar incontrolável, na sequência do teste nuclear realizado no domingo pela Coreia do Norte.

Vladimir Putin, da Rússia, se uniu ao grupo que condena as ações de Pyongyang nesta quarta-feira, mas manteve a posição de que uma solução só poderá ser obtida através de medidas diplomáticas.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,11% para 92,18 às 06h54 (horário de Brasília).

A tensão geopolítica mantinha as bolsas de todo o mundo apreensivas, com o Dow caindo mais de 200 pontos em seu primeiro dia de negociações após o feriado do Dia do Trabalho, já que investidores preferiam investir em ativos considerados portos seguros.

Os preços do ouro se mantinham logo abaixo de seu maior nível em cerca de um ano nesta quarta-feira, atraindo sustentação das tensões persistentes na península coreana.

Contratos futuros de ouro com vencimento em dezembro na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York avançavam US$ 0,50, ou 0,03%, para US$ 1.345,00 a onça troy às 06h55 (horário de Brasília).

2. PMI não industrial do ISM e Livro Bege a caminho

Após uma série de dados na sessão anterior mostrarem que a atividade do setor de serviços desde a China até a Europa se manteve robusta de forma geral em agosto, os EUA entrarão no jogo com a divulgação do índice de atividade dos gestores de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor não industrial do ISM às 11h00 (horário de Brasília).

Economistas preveem que a expansão no setor de serviços se recuperou, com uma leitura que poderá a chegar a 55,4 a partir da leitura anterior de 53,9.

Também na pauta do dia, o Federal Reserve divulgará seu Livro Bege, que mostra o estado das condições econômicas em cada um dos 12 distritos do Fed, às 15h00 (horário de Brasília).

3. Bolsas de todo o mundo majoritariamente em baixa com Coreia do Norte ainda pesando

Bolsas de todo o mundo negociavam em baixa nesta quarta-feira, já que os nervos do mercado ainda se agitam devido às tensões geopolíticas.

O mercado futuro do EUA apontava para uma abertura estável nesta quarta-feira, já as ações tomavam fôlego após a queda na sessão de ontem, que levou o Dow à perda de 200 pontos. Às 06h56 (horário de Brasília), o blue chip futuros do Dow ganhava 9 pontos, ou 0,04%, os futuros do S&P 500 subiam 1 ponto, ou 0,02%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 tinha alta de 11 pontos ou 0,18%.

Do outro lado do Atlântico, bolsas europeias passavam pelo terceiro dia de perdas, já que dados fracos sobre encomendas à indústria na Alemanha se somavam às tensões geopolíticas e investidores demonstravam cautela um dia antes da decisão de política monetária do Banco Central Europeu. Às 06h57 (horário de Brasília), a referência Euro Stoxx 50 registrava redução de 0,15%, o DAX da Alemanha caía 0,03%, enquanto o FTSE 100 de Londres recuava 0,54%.

Mais cedo, bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa com o Nikkei 225 do Japão e o KOSPI da Coreia do Sul permanecendo em alerta. O Shanghai Composite da China conseguiu ter ganhos mínimos.

4. Petróleo continua a subir com atenções se voltando aos estoques

Os preços do petróleo continuavam a subir nesta quarta-feira após os ganhos em torno de 3% na sessão anterior, já que investidores aguardavam os dados semanais dos estoques norte-americanos de petróleo bruto e produtos refinados para pesar o impacto de Harvey na oferta e demanda.

O Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês), grupo do setor petrolífero, deverá divulgar seu relatório semanal às 16h30 em horário local (17h30 em horário de Brasília).

Dados oficiais da Administração de Informação de Energia (EIA, na sigla em inglês) serão divulgados na quinta-feira, em meio a previsões de aumento nos estoques de petróleo em torno de 4,7 milhões de barris.

Os relatórios serão divulgados um dia após o normal devido ao feriado do Dia da Trabalho nos EUA nesta segunda-feira.

Contratos futuros de petróleo dos EUA subiam 0,47% para US$ 48,89 às 6h58 (horário de Brasília), enquanto o petróleo Brent tinha aumento de 0,86%, com o barril negociado a US$ 53,84.

5. Decisão do Banco do Canadá sobre taxa de juros

decisão sobre a taxa de juros do Banco do Canadá (BoC, na sigla em inglês) está prevista para as 11h00 (horário de Brasília) desta quarta-feira, com a maioria dos especialistas esperando que o banco central mantenha sua taxa de referência em 0,75%.

O BoC elevou as taxas de juros pela primeira vez em sete anos em sua reunião de julho e deixou a porta aberta para mais aumentos.

Investidores estão apostando em pelo menos mais um aumento da taxa de juros até o fim deste ano e, pelo menos, mais um em 2018.

As apostas de um aumento dos juros já nesta semana saltaram para 41% após dados divulgados no mês passado mostrarem que a economia do Canadá teve aumento de 4,5%no segundo trimestre, o maior aumento entre o G7.

A maior parte dos economistas, no entanto, ainda espera que o próximo aumento da taxa de juros ocorra na reunião do banco central em outubro.

Enquanto os dados são aguardados, o par USD/CAD avançava 0,07% para 1,2385 às 06h59 (horário de Brasília).

Be the first to comment on "Bom Dia Mercado: Fique por dentro das principais notícias do mercado desta quarta-feira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*