Desestatização da Eletrobras deve atrair mais fundos do que empresas do setor, avalia CEO | Dados da Bolsa

Desestatização da Eletrobras deve atrair mais fundos do que empresas do setor, avalia CEO

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A operação de desestatização da Eletrobras (SA:ELET3) deve atrair mais o interesse de grandes fundos e investidores nacionais e globais do que de companhias do setor elétrico, dado o interesse do governo de pulverizar o capital da estatal, disse o presidente-executivo da empresa, Wilson Ferreira Jr.., nesta sexta-feira.

“Investidor estratégico (empresa de energia pode entrar), não é proibido, mas a lógica de investidor estratégico é ser controlador da empresa e de ser o dono para colocar a lógica dele”, disse o presidente da estatal a jornalistas em evento da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O modelo de privatização da Eletrobras em estudo no governo prevê limitar a participação que os acionistas privados poderão ter no bloco de controle da companhia a um máximo de 10 por cento, disse nesta sexta-feira o ministro interino de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, em debate sobre a estatal na Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp).

“Quem faz IPO ou ‘follow on’, que é o que vamos fazer, quem compra isso, quem compra é um investidor financeiro do tipo fundos de infraestrutura, fundos de países emergentes e fundos de energia”, complementou Ferreira Jr..

O mundo, segundo o executivo, tem hoje cerca de 250 grandes fundos globais.

O governo espera realizar a operação de pulverização do capital da Eletrobras até junho do ano que vem, e o executivo admitiu que a data próxima às eleições de 2018 aumenta a “complexidade” da desestatização.

fonte:https://br.investing.com/news/mercado-de-a%C3%A7%C3%B5es-e-financeiro/desestatizacao-da-eletrobras-deve-atrair-mais-fundos-do-que-empresas-do-setor-avalia-ceo-518378

Be the first to comment on "Desestatização da Eletrobras deve atrair mais fundos do que empresas do setor, avalia CEO"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*