Eternit deixará de usar amianto em fabricação de telhas até 2018 | Dados da Bolsa

Eternit deixará de usar amianto em fabricação de telhas até 2018

Les permis de construire de logements ont accentué leur rechute en novembre en France après leur petit rebond de l'été et les mises en chantier ont renoué avec une tendance négative, selon les chiffres publiés mardi par le ministère de l'Ecologie et du Développement durable. /Photo prise le 3 septembre 2014/REUTERS/Benoît Tessier

SÃO PAULO (Reuters) – A companhia Eternit (SA:ETER3) anunciou que deixará de utilizar amianto crisotila na fabricação de telhas de fibrocimento a partir de dezembro de 2018, para se adequar à tendência dos consumidores de rejeitarem produtos com amianto, de acordo com fato relevante divulgado na noite de segunda-feira.

A empresa disse que concluirá o processo de substituição do amianto, que tem seu uso proibido em alguns Estados do país, por fibras sintéticas.

Na semana passada, a Justiça do Rio de Janeiro deu prazo de 120 dias para a empresa encerrar a produção de telhas com amianto em sua fábrica no Estado, e ampliou o valor de uma indenização por danos morais coletivos para 50 milhões de reais.

Atualmente, as fábricas localizadas nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), Colombo (PR), Simões Filho (BA), Goiânia e Anápolis (GO), utilizam em média 60 por cento de fibra sintética de polipropileno e 40 por cento de fibra mineral de amianto crisotila na fabricação de telhas.

“Até o final de 2018, o processo produtivo das telhas, utilizará 100 por cento fibra sintética de polipropileno”, disse a empresa.

A mineradora Sama, controlada pela Eternit, manterá a produção de fibras de amianto crisotila, que será gradualmente direcionada para o mercado externo, disse a empresa.

(Por Raquel Stenzel)

Fonte:https://br.investing.com/news/mercado-de-a%C3%A7%C3%B5es-e-financeiro/eternit-deixara-de-usar-amianto-em-fabricacao-de-telhas-ate-2018-546138

Be the first to comment on "Eternit deixará de usar amianto em fabricação de telhas até 2018"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*