Cotação do petróleo estável antes de relatório dos estoques | Dados da Bolsa

Cotação do petróleo estável antes de relatório dos estoques

Investing.com – A cotação do petróleo estava amplamente inalterada nesta quarta-feira em meio a especulações de que os dados semanais dos estoques previstos ainda para este dia mostrarão aumento nos estoques de petróleo e de combustíveis dos EUA.

A Administração de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês), divulgará seu relatório semanal oficial de oferta de petróleo referente à semana encerrada em 19 de janeiro às 13h30 desta quarta-feira.

Após os mercados fecharem na terça-feira, o Instituto Americano de Petróleo (API, na sigla em inglês) afirmou que os estoques de petróleo dos EUA tiveram aumento de quase 4,8 milhões de barris na semana passada. Foi o primeiro aumento em dez semanas e pode ser comparado às expectativas dos analistas de redução em torno de 1,0 milhão de barris.

O relatório do API também mostrou um aumento em torno de 4,1 milhões de barris de gasolina nos estoques, ao passo que estoques de destilados, que incluem diesel para motores e óleo de aquecimento, tiveram aumento em torno de 1,3 milhão de barris.

Frequentemente há fortes divergências entre os as estimativas do API e números oficiais da EIA.

Contratos futuros do petróleo bruto West Texas Intermediate ganhavam US$ 0,09 e o barril negociado a US$ 64,56 às 06h55. A referência norte-americana atingiu US$ 64,89 por barril em 16 de janeiro, seu valor mais alto desde dezembro de 2014.

Enquanto isso, contratos futuros de petróleo Brent, referência para preços do petróleo fora dos EUA, recuavam US$ 0,13 para US$ 69,83, não muito distantes de US$ 70,37 o barril, máxima de três anos atingida em 15 de janeiro.

O petróleo encerrou a terça-feira em alta devido ao otimismo com os cortes no abastecimento global.

A cotação do petróleo subiu cerca de 50% a partir de cerca de US$ 43 o barril em junho, favorecida por esforços de cortes conduzidos pela produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e pela Rússia. Em dezembro, os produtores concordaram em estender os atuais cortes na produção de petróleo até o final de 2018.

O pacto para cortar a produção de petróleo em 1,8 milhão de barris por dia foi adotado no último inverno pela Opep, Rússia e outros nove produtores globais. O acordo deveria acabar em março de 2018, uma vez que já teve uma extensão.

Analistas e investidores alertaram recentemente que produtores de shale oil nos EUA poderiam elevar a produção nas próximas semanas uma vez que eles buscam tirar proveito dos preços mais altos, possivelmente afetando os esforços da Opep para reduzir o excesso de oferta.

Em outras negociações de energia, contratos futuros de gasolina permaneciam estáveis em US$ 1,908 o galão, ao passo que o óleo de aquecimento estava pouco alterado em US$ 2,087 o galão.

Contratos futuros de gás natural avançavam US$ 0,155, ou 4,5%, para US$ 3,599 por milhão de unidades térmicas britânicas.

A commodity subiu 6,8% na terça-feira e chegou ao seu nível mais alto desde 30 de dezembro de 2016, impulsionada por previsões do tempo que apontam temperaturas muito frias que novamente estarão presentes em partes dos EUA no início de fevereiro.

Fonte:https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/cotacao-do-petroleo-estavel-antes-de-relatorio-dos-estoques-561934

Be the first to comment on "Cotação do petróleo estável antes de relatório dos estoques"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*