Petróleo continua a cair com aversão ao risco e preocupações com produção dos EUA | Dados da Bolsa

Petróleo continua a cair com aversão ao risco e preocupações com produção dos EUA

Investing.com – A cotação do petróleo continuava a cair nesta sexta-feira, já que preocupações com o aumento da produção dos EUA continuavam a pesar muito sobre a commodity.

O contrato do petróleo bruto West Texas Intermediate com vencimento em março recuava US$ 0,77, ou cerca de 1,32%, para US$ 60,32 o barril por volta das 13h00, valor mais baixo desde 3 de janeiro.

Do outro lado do Atlântico, contratos de petróleo Brent com vencimento em abril na Bolsa de Futuros ICE (ICE Futures Exchange) em Londres tinham perdas de US$ 0,89, ou cerca de 1,34%, e o barril era negociado a US$ 63,91, seu valor mais baixo desde 20 de dezembro.

O abalo nos preços do petróleo ocorreu após dados mostrarem que a produção dos EUA ultrapassou a marca de 10 milhões de barris por dia na semana passada.

A produção doméstica de petróleo, conduzida pela extração de shale oil, subiu 3,3% e chegou à máxima histórica de 10,25 milhões de barris por dia, afirmou a Administração de Informação de Energia dos EUA. Esse número fica acima dos números da Arábia Saudita, principal exportador, e próximo dos níveis de produção da Rússia.

A commodity também sentia a pressão das notícias sobre o aumento de 1,9 milhão de barris nos estoques comerciais de petróleo dos EUA na semana encerrada em 2 de fevereiro, que totalizaram 420,25 milhões de barris.

Isso elevou os temores de que o aumento na produção dos EUA poderia prejudicar os esforços da Opep para retirar o excesso de oferta do mercado.

O grupo de produtores, em conjunto com países externos à organização, liderados pela Rússia, chegou a um acordo em dezembro para estender os atuais cortes na produção por mais nove meses até o final de 2018.

O pacto para cortar a produção de petróleo em 1,8 milhão de barris por dia foi adotado no último inverno pela Opep, Rússia e outros nove produtores globais. O acordo deveria acabar em março de 2018, uma vez que já teve uma extensão.

Além disso, o Irã anunciou planos de elevar sua produção dentro dos próximos quatro anos em, pelo menos, 700.000 barris por dia.

Em outras negociações, contratos futuros de gasolina recuavam 1,18% para US$ 1,730 o galão, ao passo que os contratos futuros de gás natural tinham perdas de 2,42% e eram negociados a US$ 2,628 por milhão de unidades térmicas britânicas.

Fonte:https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/petroleo-continua-a-cair-devido-a-preocupacoes-com-producao-dos-eua-565007

Be the first to comment on "Petróleo continua a cair com aversão ao risco e preocupações com produção dos EUA"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*