Futuros do mineiro de ferro registram nova alta na bolsa chinesa de Dalian | Dados da Bolsa

Futuros do mineiro de ferro registram nova alta na bolsa chinesa de Dalian

Cranes unload iron ore from a ship at a port in Rizhao, Shandong province February 7, 2015. China's exports declined 3.2 percent year on year to 1.23 trillion yuan (200 billion U.S. dollars) in January, customs data showed on Sunday. Imports stood at 860 billion yuan, down 19.7 percent, according to the data, Xinhua News Agency reported. Picture taken February 7, 2015. REUTERS/China Daily (CHINA - Tags: BUSINESS POLITICS COMMODITIES) CHINA OUT. NO COMMERCIAL OR EDITORIAL SALES IN CHINA

Investing.com – Os contratos futuros do minério de ferro, com vencimento em maio, encerram a jornada desta segunda-feira na bolsa chinesa da Dalian acumulando valorização de 1,29% a 549 iuanes por tonelada da commodity. Desde que voltou aos negócios, após o feriado do Ano Novo Lunar, a tendência é de valorização para a matéria-prima.

No caso do vergalhão de aço, com entrega também para o quinto mês do ano, foi registrada valorização de 130 iuanes para cada tonelada, fechando assim o dia negociado a 4.028 iuanes para cada tonelada do produto. O segundo contrato mais líquido, de outubro, avançou 106 iuanes fechando a 3.900 iuanes por tonelada.

Dia também positivo para os mercados acionários da China, que ampliaram os ganhos nesta segunda-feira, com os principais índices avançando pela sexta sessão seguida liderados pelo melhor dia das start-ups em sete meses devido a expectativas de que elas irão se beneficiar de uma proposta para adiar as reformas de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs).

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,17 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,25 por cento. Já o índice de start-ups ChiNext Composite terminou com ganhos de 3,61 por cento.

O subíndice do setor financeiro avançou 0,41 por cento, o de consumo caiu 0,14 por cento, o do setor imobiliário recuou 1,6 por cento e o de saúde subiu 1,55 por cento.

O principal regulador acionário da China, Liu Shiyu, propôs adiar um prazo para que o governo autorize um mecanismo de oferta inicial pública de ações com base em registros até 29 de fevereiro de 2020, informou na sexta-feira a agência de notícias Xinhua.

Os participantes do mercado também estavam de olho no impacto de certas modificações na Constituição da China. No domingo, o Partido Comunista abriu caminho para que o presidente Xi Jinping permaneça no cargo indefinidamente, com uma proposta para remover uma cláusula constitucional que limita o presidente a apenas dois mandatos.

No restante da região os mercados também apresentaram ganhos, com os investidores se preparando para uma semana cheia de eventos, a começar por dados de inflação nos Estados Unidos e o primeiro depoimento do novo chair do Federal Reserve à Câmara dos Deputados norte-americana.

Com Reuters

Fonte:

Be the first to comment on "Futuros do mineiro de ferro registram nova alta na bolsa chinesa de Dalian"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*