BTG Pactual pede ao Cade para investigar práticas da XP

Presidente do BTG Pactual, André Esteves, que foi preso pela Polícia Federal. 22/07/2014 REUTERS/Nacho Doce

Por Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) – O banco BTG Pactual (SA:BPAC11) encaminhou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) reclamação na terça-feira contra a XP Investimentos, afirmando que a companhia de investimentos promove práticas anticompetitivas e pedindo investigação.

Na queixa, o BTG alega que a XP não está cumprindo um acordo assinado com o Cade no ano passado que permitiu ao Itaú Unibanco (SA:ITUB4) comprar uma participação de 30 por cento na companhia.

Entre as condições acordadas com o Cade em março de 2018, está o compromisso da XP de não impedir a concorrência com outras instituições, e evitar criar cláusulas adicionais em relação a contratos de exclusividade fechados com agentes autônomos, dificultando eventuais migrações.

A XP abriu processos contra o BTG no mês passado, buscando impedir que o banco atraísse agentes autônomos associados à XP a operarem na nova plataforma digital do BTG.

BTG, XP e Itaú Unibanco não puderam comentar o assunto de imediato.

O acordo entre Itaú e XP foi aprovado pelo Cade no ano passado. Mas o Banco Central autorizou o Itaú a aumentar a participação de 30 para ate no máximo 40 por cento e impediu o banco de assumir controle da companhia de serviços financeiros até pelo menos 2026.

Fonte:https://br.investing.com/news/stock-market-news/btg-pactual-pede-ao-cade-para-investigar-praticas-da-xp-629371

Be the first to comment on "BTG Pactual pede ao Cade para investigar práticas da XP"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*