Futuros do minério de ferro recuam quase 1% em Dalian na espera de estímulos

Cranes unload iron ore from a ship at a port in Rizhao, Shandong province February 7, 2015. China's exports declined 3.2 percent year on year to 1.23 trillion yuan (200 billion U.S. dollars) in January, customs data showed on Sunday. Imports stood at 860 billion yuan, down 19.7 percent, according to the data, Xinhua News Agency reported. Picture taken February 7, 2015. REUTERS/China Daily (CHINA - Tags: BUSINESS POLITICS COMMODITIES) CHINA OUT. NO COMMERCIAL OR EDITORIAL SALES IN CHINA

Investing.com – Na cidade chinesa da Dalian, a sessão desta quarta-feira foi marcada por uma nova desvalorização nos contratos futuros do minério de ferro. O ativo com maior volume de negócios, e com data de vencimento no mês de maio deste ano, encerrou com perdas de 0,94% a 527,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação negativa de 5,00 iuanes.

A jornada também foi negativa para as transações futuras do vergalhão de aço, que acontecem na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato de maior liquidez, também de maio, recuou 22 iuanes para um total de 3.644 iuanes por tonelada. Já o segundo mais negociado, de março, caiu 16 iuanes para 3.698 iuanes para cada tonelada do produto.

Os principais índices acionários chineses fecharam quase estáveis nesta quarta-feira, com as esperanças de mais medidas de estímulo para sustentar o crescimento econômico sendo compensadas pelas preocupações com a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China.

A China vai aumentar os gastos fiscais este ano para sustentar a economia, concentrando-se em cortes adicionais de impostos e taxas para pequenas empresas, disseram autoridades do Ministério das Finanças nesta quarta-feira.

A crescente pressão sobre a segunda maior economia do mundo afetou o crescimento no ano passado, que registrou seu nível mais baixo desde 1990, mesmo quando Pequim intensificou as medidas de estímulo e incentivou os bancos a realizar mais empréstimos.

O conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, negou as notícias de que uma reunião preliminar de comércio entre autoridades dos EUA e da China foi cancelada, dizendo que a história não é verdadeira.

Por mais que o presidente dos EUA, Donald Trump, queira impulsionar os mercados por meio de um pacto comercial com a China, ele não suavizará sua posição de que Pequim deve realizar reformas estruturais reais, incluindo a maneira como lida com propriedade intelectual, para chegar a um acordo.

Com Reuters.

Fonte:https://br.investing.com/news/commodities-news/futuros-do-minerio-de-ferro-recuam-quase-1-em-dalian-na-espera-de-estimulos-629363

Be the first to comment on "Futuros do minério de ferro recuam quase 1% em Dalian na espera de estímulos"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*